PSOL ainda quer respostas: quem mandou matar Marielle e Anderson?

PSOL ainda quer respostas: quem mandou matar Marielle e Anderson?

A prisão, na manhã de hoje, do sargento reformado da PM Ronnie Lessa e do ex-PM Elcio Vieira de Queiroz, acusados pelo Ministério Público do Rio de Janeiro como autores do assassinato de Marielle Franco e Anderson Gomes, representa um importante avanço, embora tardio, nas investigações para solucionar definitivamente esse bárbaro crime político.

Durante o último ano exigimos das autoridades uma resposta definitiva que pudesse pôr fim à angústia da família, amigos e companheiros de partido de Marielle. Por isso, o PSOL manifesta seu alívio diante da informação de que os autores do assassinato foram identificados. No entanto, o crime só será plenamente esclarecido quando forem identificados e devidamente responsabilizados também os mandantes do assassinato de Marielle e Anderson e as motivações do crime.

Por isso o PSOL seguirá exigindo respostas. Os autores deste crime político não são só inimigos do PSOL. São inimigos da democracia, dos direitos sociais, dos direitos das mulheres, dos negros e negras e de todos os oprimidos. Exigimos justiça e punição aos mandantes deste atentado à democracia. Dia 14 iremos às ruas por Marielle Franco.

 

Executiva Nacional do PSOL

12 de março de 2019

 

ImprimirEmail